quarta-feira, 16 de março de 2011

Análise Estética.

Escontrei no blog Tudo é História, um texto muito bom sobre a Análise Estética.
Esse assunto é muito importante para todos nós que amamos a arte, pois precisamos aprender a olhar uma obra de arte sob seus valores estéticos, como composição, linha, cor, elementos, perspectiva, valores históricos, entre outros.  

Espero que seja útil a vocês como foi pra mim!


PRINCIPAIS PONTOS DA ANÁLISE ESTÉTICA

1. Autor e data;
2. Tema;
3. Material;
4. Fatos destacáveis da época;
5. Influências;
6. Estilo:
7. Ponto, linha e forma;
8. Claro e escuro;
9. Textura;
10. Luz;
11. Cor;
12. Movimento;
13. Espaço


***

1. Autor e data:
Quem foi o artista que fez a obra.
Quando foi feita a obra.

2. Tema:
Qual o tema da obra?
Qual foi a intenção do autor ao criá-la?

3. Material:
Qual foi o material utilizado na obra?
Em caso de esculturas: bronze, mármore, pedra, etc.
Em caso de pinturas: óleo sobre tela, aquarela, gravura, etc.

4. Fatos destacáveis da época:
Em que momento se insere a obra observada?
Se existem fatos históricos, políticos, sociais, religiosos e/ou psicológicos que facilitem o entendimento da obra.

5. Influências:
Quais foram as influências do autor.
Essas influências foram adaptadas ao estilo do autor?
Ou ele incorporou algum estilo, reproduzindo-o fielmente?

6. Estilo:
O estilo é particular ao artista – cada um tem o seu.
Tanto os artistas quanto as pessoas captam as mudanças na forma de fazer arte.
Cabe a críticos e a historiadores, rotular e inserir uma obra dentro de um movimento.

7. Ponto, linha e forma:
Aplicação das cores puras (primárias) com pinceladas em forma de pontos. Resulta na divisão sistemática das cores puras e a difusão óptica dos pigmentos.
De que maneira as linhas são traçadas? Geometricamente ou curvas?
Criam movimento ou dão impressão estática, racional?

8. Claro e Escuro:
Essa técnica é utilizada em alguns estilos.
Apresenta acentuado contraste entre as cores claras e as escuras.
No Barroco, costumava intensificar a dualidade de sentimentos.

9. Textura:
Pode ser visual ou táctil.
A táctil é qualquer relevo feito com materiais, como massa corrida, gesso, massa acrílica, e pode ser feita com rolo, pinceis, espátula.
A visual diz respeito ao efeito da luz, produzindo um efeito óptico singular.

10. Luz:
Dizem respeito a perspectiva, ao sombreamento e ao que o autor quis ressaltar na obra.
A luz indica a textura, o movimento e as expressões do que se pinta.

11. Cor:
As cores representam o sentimento do artista, sendo utilizadas de várias formas.
Como a cor é aplicada? De maneira racional (reproduzindo a realidade) ou abstrata (com matizes diferentes do que veem na natureza)?

12. Movimento
Movimento artístico é uma tendência ou estilo em arte, com filosofia e objetivo comuns, seguido por artistas inseridos num período de tempo delimitado.
Os movimentos artísticos foram especialmente importantes na arte moderna, quando cada movimento consecutivo era considerado como vanguardista.
Os movimentos quase que desapareceram completamente na arte contemporânea, onde prevalecem o individualismo e a diversidade.

13. Espaço:
Maneira pela qual organizam-se os elementos componentes de determinada obra.
Em certos estilos, como no Neoclassicismo, a regra era o equilíbrio, ou seja, a disposição harmoniosa do que era representado.

4 comentários:

  1. Era tudo que eu precisava para fazer meu trabalho da faculdade sobre Estética. Foi muuuuuito útil.

    ResponderExcluir
  2. Me ajudou bastante para meu trabalho escolar, mas acredito que, se tivesse um exemplo de análise estética, teria ficado melhor.

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito do comentário! Ficaria agradecido se postasse um exemplo passo a passo de como fazer a análise estética de um filme!

    ResponderExcluir
  4. Bom dia,

    Sugiro aos interessados uma pesquisa na internet, pois certamente encontrarão exemplos de análise estética. Eu mesma fiz isso e encontrei até vídeos no Youtube, com material bem interessante!
    Pesquisar é divertido! Divirtam-se!!!

    ResponderExcluir